14 fevereiro, 2010

Seychelles - viagem 1995

Dezembro de 1995.
Um mês que ficará para sempre na nossa memória.
Passámos o Natal nas Seychelles e o Fim do Ano na África do Sul.

O arquipélago das Seychelles – que se tornou independente do Reino Unido em 1976 - é um verdadeiro paraíso no Índico, com baías cristalinas, inúmeras praias de areia branca, águas de azul-turquesa, hotéis luxuosos, hotéis modestos, vegetação verde e luxuriante, uma temperatura amena e constante.
É o destino exótico ideal para quem gosta de banhos de mar em praias quase desertas, fazer mergulho, admirar a natureza, comer peixe fresquíssimo, conviver e descansar.
Ali não se vivem noites ruidosas.
Ali a natureza impõe silêncio.
No primeiro dia na lha de Mahé, a maior e mais habitada das ilhas, na primeira ida à praia, a nossa máquina fotográfica resolveu “experimentar”a água e…. deixou de funcionar.
Eu, principalmente, entrei em pânico. Como iríamos fazer o registo fotográfico da viagem?
Em Victoria, a capital, com cerca de 23 mil habitantes, comprámos uma máquina descartável da Kodak, que permitiu fazer um mini registo fotográfico da viagem.
Tudo o que não conseguimos registar em fotografias, guardámos na memória.

Sem comentários:

Enviar um comentário