24 fevereiro, 2010

República Popular da China (cont.)

Xangai, localizada na costa este, é a maior cidade da China, com cerca de 20 milhões de habitantes. Devido à localização privilegiada e às intensas reformas económicas, Xangai tornou-se um dos mais importantes centros financeiros da China e o maior porto de carga do mundo.
Visita aos edifícios da Bund, ao Jardim Yuyuan (localizado na zona velha da cidade de arquitectura tipicamente chinesa), ao Templo do Buda de Jade (mosteiro construído em 1882, para alojar estátuas de Buda).
À noite partimos à descoberta dos edifícios iluminados do centro financeiro do distrito de Pudong, espelhados nas águas calmas do rio Yangtze. O espectáculo de luz é impressionante.
Guilin, situada na região autónoma Zhuang, de Guangxi, tem cerca de 1,4 milhões de habitantes.
Visita à Colina Tromba de Elefante e à Colina Fubo. O cruzeiro no rio Li brindou-nos com um espectáculo de paisagens inesquecíveis e únicas.
Cantão é a capital da província de Guangdong, no sul da China e tem cerca de 5,7 milhões de habitantes.
Visita ao Parque Yuexiu, à Torre Zhenhai, ao templo taoista Wuxian, ao túmulo de Nanyue e ao monumento em honra do Dr Sun Yat-sen.
Hong Kong, ex-colónia do Império Britânico até 1997, localiza-se na costa sul da China a 60Km de Macau. Tem cerca de 7 milhões de habitantes (95% chinesa), numa área de 1.054 Km2. Possui o seu próprio sistema legal, moeda e leis de imigração.
Partir à descoberta do melhor local para admirar os inúmeros arranha-céus iluminados, é uma aposta de encantamento que ficará para sempre na nossa memória.
O resto foi… compras e mais compras…
Macau, que foi colonizada e administrada por Portugal durante mais de 400 anos é, desde 1999, uma Região Administrativa Especial da República Popular da China. Está localizada na costa meridional da China e é constituída pela Península de Macau, ilhas da Taipa e de Coloane e pelo istmo de Cotai. Com uma área de 28,6 km2, tem uma população de cerca de 538 mil habitantes, o que faz dela a cidade com maior densidade populacional do mundo.
Macau vive presentemente um grande desenvolvimento económico nas áreas do jogo, turismo e hotelaria.
Visita às ruínas de S. Paulo, à Fortaleza do Monte, ao Templo Kun Yam, ao Leal Senado, ao Casino Lisboa.
Passeio a pé pela cidade e descoberta de um café onde comemos uns pastéis de nata fabulosos.

Sem comentários:

Enviar um comentário