24 fevereiro, 2010

República Popular da China - viagem 2006

Viagem de férias à República Popular da China, uma das civilizações mais antigas do mundo, com visita a Pequim, Xi’an, Xangai, Guilin, Guangzhou, Hong Kong e Macau.
No início do século XX, após a queda do poder centrado no imperador, foi proclamada a República Popular da China. Depois de uma intensa guerra civil que durou de 1945 a 1949, o Partido Comunista Chinês tomou o poder, sob liderança de Mao Tsé Tung, e iniciou a planificação económica. Após a morte de Mao, em 1976, Deng Xiaoping assumiu o poder e foi o responsável pela abertura económica da China ao mundo, depois de muitos anos fechada ao exterior.
A China, com uma área de 9,6 milhões de km2 (equivalente a 1/15 da superfície do mundo), tem cerca de 1.300 milhões de habitantes (equivalente a 1/5 da população do planeta), divididos por 56 etnias.
Devido à sua grande dimensão, a China tem uma enorme variedade de paisagens: grandes cordilheiras montanhosas (com o ponto mais elevado no Monte Everest), planaltos áridos, planícies e colinas.
Foi uma viagem fabulosa!
O contraste entre o antigo (excepcionalmente preservado) e o moderno; a beleza das paisagens mais deslumbrantes e os arranjos florais nos separadores das auto-estradas; o crescimento colossal das cidades e as tradições imutáveis nas zonas rurais; a alegria e o orgulho do seu povo a acolherem quem o visita, tornaram esta viagem inesquecível.
Pequim, capital da Republica Popular da China desde 1949, tem cerca de 17,3 milhões de habitantes na sua região metropolitana. No ano de 2006, a dois anos dos Jogos Olímpicos, as obras na cidade eram impressionantes. Num ângulo de 360º os guindastes conferiam à cidade uma visão colossal do trabalho em curso e da grandeza futura.
Respirava-se uma atmosfera ocidentalizada, num calor abrasador de Agosto, quando partimos à descoberta da Praça de Tian’amen (a maior praça do mundo), da Cidade Proibida (serviu de palácio às dinastias Ming e Qing) , do Palácio de Verão (exemplar dos clássicos jardins chineses), do Templo do Céu (integrado num vasto parque onde os chineses ocupam os seus tempos livres com danças, jogos e conversas), da Grande Muralha (na zona de Badaling, a cerca de 80 km de Pequim) uma das 7 Maravilhas do Mundo e, dizem, a única estrutura construída pelo homem a ser vista da lua.
Xi’an, uma das mais antigas cidades do país, com cerca de 3 milhões de habitantes, é a capital da província de Shaanki, centro histórico do rico vale do rio Wei.
Visita à sepultura do primeiro imperador chinês e do seu exército de 6 mil guerreiros de terracota (descoberto em escavações iniciadas em 1974), à Muralha da Cidade (imponente), à Torre do Sino e ao Pagode do Ganso Selvagem.
Posted by Picasa

Sem comentários:

Enviar um comentário